Da série “Prestando atenção no mundo”

Amostra grátis

AmostraGratis

Uma das luxuosas vitrines da Via dei Condotti, em Roma, endereço de lojas de grandes costureiros, estilistas nota dez e marcas famosas, como Gucci, Dolce & Gabana, Prada, Chanel, Dior, Valentino, Ferragamo, Saint-Laurent, Cartier, Louis-Vuitton, Calvin Klein…

À primeira vista, uma vitrine é somente um cantinho enfeitado aonde se expõem produtos à venda. Mas na verdade, revela muito mais que isto. Reflete uma série de facetas da sociedade. Por exemplo, o perfil econômico dos consumidores, a qualidade dos artigos e, no caso da moda, as novidades que as mulheres – especialmente as de carteiras endinheiradas – vão usar em cada estação do ano.

Sempre que viajo para qualquer cidade do Brasil ou do Exterior jamais deixo de fazer uma foto de uma vitrine. Seja Riachão do Bacamarte, Nova Iorque, Miami, Quixeramobim, Cartagena, Cuiabá ou Roma. É curioso comparar as peças oferecidas nas cidadezinhas humildes e sem o requinte das etiquetas famosas com os modelos super sofisticados e preços astronômicos das grandes metrópoles.

Numa passagem pela capital italiana, em 2005, fiz essa foto aí na Via dei Condotti, a rua que reúne as grifes mais chiques e caras do mundo: as duas senhorinhas conferindo os preços dos modelos expostos na vitrine.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>