Xingu

 Krain-a-kore 

Krain a kore, OrlandoBrito 66

Pequeno índio da etnia krain-a-kore, que habitava as margens do rio Peixoto de Azevedo, no coração de Mato Grosso.

 Como foi – Nos idos dos anos 1970, O Globo tinha os olhos voltados não somente para os fatos da política, dos acontecimentos cariocas e das notícias internacionais, mas também para a questão indígena. O jornal destacou o repórter Etevaldo Dias e o fotógrafo Pedro Martinelli para cobrir a caminhada da expedição chefiada pelos irmãos Orlando e Cláudio Villas-Boas.

 Os jornalistas ficaram na selva por quase um ano, a região onde foi construída a rodovia Cuiabá-Santarém. Uma epopéia traduzida em notáveis reportagens. Depois de sua volta, coube-me retornar às terras dos chamados índios gigantes, antes de serem transferidos para o Parque do Xingu. Na primeira viagem que fiz, tirei essa foto desse menino. Em torno de noventa dias depois, regressei à aldeia. O garoto havia falecido picado por uma cobra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>